sábado, janeiro 29, 2011

Mensagem do espirito "Marius"



Do Amor ao Próximo do Amor a ti Mesmo

Ama o teu próximo como a ti mesmo, mas não confundas o teu amor a ti mesmo com o teu amor ao próximo. Teu amor ao próximo deve ter em mente o bem dele, e tão somente o bem dele.
Se o supões obrigado a seguir os teus padrões e os teus caminhos, se o julgas incapaz de caminhar por si mesmo e achas que só tu sabes todos os porquês, os ondes e os quandos, então, não amas o teu próximo, amas a ti mesmo, ao teu ego, aos teus interesses pessoais na figura dele.
Ama o teu próximo e deixa-o viver; ama o teu próximo e deixa-o ser; ama o teu próximo e cresce com ele; ama o teu próximo e estimula nele as potencialidades divinas com que foi criado; ama o teu próximo e deseja para ele o crescimento e a felicidade que desejas para ti.

Ama o teu próximo mas não faças do teu amor um fardo que ele não possa suportar; teu amor deve ser para ele não o jugo que escraviza, mas a asa que liberta.
Ama o teu próximo mas não te projetes nele; lê nele um livro que não lerás em mais ninguém; cada um de nós é um compêndio único, é um repositório singular de ensinamentos. Lê em ti, lê em teu próximo e, dia a dia, descobrirás as maravilhas da Vida.
Ama a ti mesmo. Ama-te mas não te idolatres. Se não amares a ti mesmo não poderás amar o teu próximo, mas, se idolatrares a ti mesmo, ignorarás o resto da Humanidade. Isto te será pior do que o claustro ou a prisão.
Ama-te para que possas amar os outros. Respeita-te ou não respeitarás a mais ninguém, a mais nada.



(Do livro VIVÊNCIAS, volume 1, pelo Espírito Marius, psicografia do médium Luiz Antônio Millecco).

Nenhum comentário: