sábado, dezembro 31, 2011

Os Verdadeiros Sacrifícios da Alma




-Irmãos as leis divinas não nos pedem sofrimentos, não castigueis o corpo, pois ele é o instrumento da alma que nos servira de abrigo crescimento e redenção, castigueis sim o vosso orgulho e egoísmo para que ele se converta em humildade e resignação.
-Que façamos sim o jejum das maledicências, o voto de silencio das ofensas, acalmando nossos ânimos, em favor da paz.
-Que meditemos com certeza acerca, do que pensamos, para que nossas atitudes exemplifiquem os ensinamentos de Jesus, onde deixaras nos caminhos por onde passares as mesmas pegadas do Cristo.
-Que possamos sim nos isolar em retiros de crianças e idosos, retirando deles a tristeza da solidão, que ao nos isolarmos a eles cresça em nos o espírito de fraternidade universal, aceitando os conselhos de Paulo que nos diz; viveis como vivem os homens de vosso tempo, não afastemos de nós a oportunidade de sermos luz onde haja trevas.
-Que todos os nossos sacrifícios sejam para vencer a nós mesmos, perdoando as ofensas que nos fazem, e resistindo contra todo o mau.
-Que possamos sim fazer ofertas a DEUS, sendo como uma vela iluminando através dos exemplos de amor emanados do nosso próprio ser, mas se ainda queres agradar a Deus, reconcilia-te com teu adversário.
-Irmãos cuidem de vosso corpo, pois é com ele que descobrimos as sensações do abraço afetivo de pai e Mãe,
É com o nosso corpo que vislumbramos toda a natureza, é com ele que nos expressamos quando estamos apaixonados é com ele que experimentamos todos os sentidos da vida é através dele que expressamos nossas alegrias e gestos de amizade.
-Que todos nós possamos nos abster de todo ódio e desejo de vingança, confiando na justiça de Deus, que nos permite aprendermos a amar cada vez mais.


terça-feira, novembro 15, 2011

Confia e Segue Adiante


-São  momentos difíceis vividos nesta fase em que o planeta se encontra, para muitos reincidentes no erro sabem o peso da responsabilidade e o quanto custará a cada um uma nova queda para mundos primitivos, por isso os tormentos por hora enfrentados em todo o planeta.
-Mas a falange que tomou por lema o amor e a caridade, saberá percorrer o caminho certo, por isso não temas mal algum os anjos de Deus vos guiam para que tuas palavras de Amor e esperança penetrem nos corações mais endurecidos.
-Confie e segue adiante, brilha a luz divina sobre os dois mundos, onde não poderão mais esconder-se os falsos profetas onde os mais simples conquistarão a misericórdia divina.
-vós não estareis sós na confirmação das verdades eternas, a voz dos espíritos se fará ouvir em todo o orbe terrestre. Não temereis mais em falar das coisas espirituais, falareis de espírito para espírito.
-Estamos certos que a compreensão se fará presente entre as grandes massas das nações, e com certeza terás em teu caminho muitos apelos a atender, muitas lagrimas a secar e muito Amor a se doar.
-Mas meus irmãos, não será aqui o fim das dores do mundo, mas o começo da sua regeneração.
-Por isso não procureis grandes transformações nos campos morais, pois ainda a muito a se fazer para que se consolide a verdade universal da imortalidade do ser.
-As utopias deixarão seus lugares para dar lugar as Bem- aventuranças, mostrando para cada um de nós que, quem confia em Deus Segue sempre Adiante.
(D A R)

quarta-feira, agosto 24, 2011

MENSAGEM ''SABER CALAR''


Saber Calar 

Em nossa mente ainda não medimos as consequências do que falamos e muito menos do que pensamos.
Todos somos objetos de comentários desprovidos de Amor, pois saber calar-se antes de tudo é um grande exercício de caridade.
Quantos males poderiam ser evitados se agíssemos com mais moderação?
Quantos males resultam de nossa falta de respeito pelas fraqueNão só de pão vivera o homem, mas de tudo o que sair de sua mente através de sua boca em forma de verbo desprovido de Amor.
Somos sempre vitimas de nossas próprias palavras, cada fala, cada comentário carrega consigo as energias que lhes são semelhantes.
Os comentários maldosos sobre esta ou aquela pessoa má geram em nosso psiquismo ondas desconcertantes que nos farão sintonizarmos com os planos inferiores físicos ou espirituais.
Nossas reservas de luz estão sempre carecendo de reposição continua, pois nossas palavras ainda demonstram nossa falta de bom senso diante das diversidades da vida, infelizmezas de nossos irmãos menos desavisados.
A cada um de nós Deus entrega a missão de convencer-se através da razão de que somos todos irmãos.
Mas é sempre na busca deste pensamento de irmandade que encontraremos nossas grandes dificuldades de exemplificar este tão nobre sentimento de nos aceitarmos como verdadeiros irmãos, respeitando as diferenças e buscando sempre a atual necessidade de toda a humanidade o AMOR.
Quando nossa mente se harmoniza, nossa boca silencia, nossa alma ensaia versos de amor, reproduzindo melhores palavras nos diálogos com nosso semelhante.
Saber calar é aprender a compreender nossos amigos de caminhada terrena, entendendo que não são os sãos que precisam de médico, mas sim os doentes.
Não temeis mal algum, lembre-se a cada um segundo o que pensou e o que fez de suas obras.
Deus jamais coloca fardos pesados em ombros fracos e onde estiver um ou mais reunidos em meu nome ali também estará “JESUS”.
 (D.A.R.!!!)

domingo, agosto 21, 2011

UMA CARTA PARA O SR. ALLAN KARDEC



Com a minha gratidão, remeto-lhe o livro anexo, bem como a sua história, rogando-lhe, antes de tudo, prosseguir em suas tarefas de esclarecimento da Humanidade, pois tenho fortes razões para isso.
Allan Kardec, o Codificador da Doutrina Espírita, naquela triste manhã de abril de 1860, estava exausto, acabrunhado. Fazia frio. Muito embora a consolidação da Sociedade Espírita de Paris e a promissora venda de livros, escasseava o dinheiro para a obra gigantesca que os Espíritos Superiores lhe haviam colocado nas mãos. A pressão aumentava Missivas sarcásticas avolumavam-se à mesa.
Quando mais desalentado se mostrava, chega a paciente esposa, Madame Rivail – a doce Gabi -, a entregar-lhe certa encomenda, cuidadosamente apresentada.
O professor abriu o embrulho, encontrando uma carta singela. E leu. "Sr. Allan Kardec: Respeitoso abraço.
Com a minha gratidão, remeto-lhe o livro anexo, bem como a sua história, rogando-lhe, antes de tudo, prosseguir em suas tarefas de esclarecimento da Humanidade, pois tenho fortes razões para isso.
Sou encadernador desde a meninice, trabalhando em grande casa desta capital.
Há cerca de dois anos casei-me com aquela que se revelou minha companheira ideal. Nossa vida corria normalmente e tudo era alegria e esperança, quando, no início deste ano, de modo inesperado, minha Antoinette partiu desta vida, levada por sorrateira moléstia. Meu desespero foi indescritível e julguei-me condenado ao desamparo extremo. Sem confiança em Deus, sentindo as necessidades do homem do mundo e vivendo com as dúvidas aflitivas de nosso século, resolvera seguir o caminho de tantos outros, ante a fatalidade… A prova da separação vencera-me, e eu não passava, agora, de trapo humano.
Faltava ao trabalho e meu chefe, reto e ríspido, ameaçava-me com a dispensa. Minhas forças fugiam.
Namorara diversas vezes o Sena e acabei planeando o suicídio. "Seria fácil, não sei nadar"- pensava.
Sucediam-se noites de insônia e dias de angústia. Em madrugada fria, quando as preocupações e o desânimo me dominaram mais fortemente, busquei a ponte Marie. Olhei em torno, contemplando a corrente… E, ao fixar a mão direita para atirar-me, toquei um objeto algo molhado que se deslocou da amurada, caindo-me aos pés. Surpreendido, distingui um livro que o orvalho umedecera. Tomei o volume nas mãos e, procurando a luz mortiça do poste vizinho, pude ler, logo no frontispício, entre irritado e curioso:
"Esta obra salvou-me a vida. Leia-a com atenção e tenha bom proveito. – A. Laurent."
Estupefato, li a obra – "O Livro dos Espíritos" – ao qual acrescentei breve mensagem, volume esse que passo às suas mãos abnegadas, autorizando o distinto amigo a fazer dele o que lhe aprouver." 
Ainda constava da mensagem agradecimentos finais, a assinatura, a data e o endereço do remetente.
O Codificador desempacotou, então, um exemplar de "O Livro dos Espíritos" ricamente encadernado, em cuja capa viu as iniciais do seu pseudônimo e na página do frontispício, levemente manchada, leu com emoção não somente a observação a que o missivista se referira, mas também outra, em letra firme:
"Salvou-me também. Deus abençoe as almas que cooperaram em sua publicação. – Joseph Perrier. "
Após a leitura da carta providencial, o Professor Rivail experimentou nova luz a banhá-lo por dentro…
Aconchegando o livro ao peito, raciocinava, não mais em termos de desânimo ou sofrimento, mas sim na pauta de radiosa esperança. Era preciso continuar, desculpar as injúrias, abraçar o sacrifício e desconhecer as pedradas… Diante de seu espírito turbilhonava o mundo necessitado de renovação e consolo.
Allan Kardec levantou-se da velha poltrona, abriu a janela à sua frente, contemplando a via pública, onde passavam operários e mulheres do povo, crianças e velhinhos…
O notável obreiro da Grande Revelação respirou a longos haustos, e, antes de retomar a caneta para o serviço costumeiro, levou o lenço aos olhos e limpou uma lágrima…"
(Hilário Silva – O Espírito da Verdade, 52, FEB)

sexta-feira, agosto 05, 2011

JESUS EM TUA CASA


                                                      Jesus em Tua casa

Nunca desanimes deixando que as ingratidões do caminho, encontrem pousada em teu coração.
Deixe que os bons ventos do amor e do perdão levem para longe de ti dissipando as de tua alma.
Não devemos nos entregar a lamentações que viciam nossos mais nobres ideais de progresso, cultive a serenidade, e persevere no cultivo das boas obras, pois elas te aproximarão ainda mais do criador.
Em teu lar, edifique um compromisso com Jesus, convidando-o para que te visite sempre, mas que este encontro seja sempre velado com disciplina,respeito e com uma visita periódica que trará para teu lar as bênçãos que a tua família necessita.
Quem cultiva o evangelho no lar,esta buscando para si mesmo a sua própria afirmação como espírito imortal.
Para que a harmonia esteja sempre presente em teu lar pense como seria “Jesus em tua casa” e com as bênçãos de Deus o teu lar e a tua vida terá sempre muita Paz e luz.
Que a brisa do amor divino aqueça tua alma não permitindo que venhas mais uma vez cair diante de tuas provas.

sábado, julho 30, 2011

MISSÃO DOS PAIS


Missão dos Pais

Não endureça teu coração, não menospreze tua capacidade de amar educar.
Confie em Deus, cada ser que vem a terra com a missão de ser Pai ou Mãe, tem em si todas as possibilidades de auxiliar o progresso do ser que em suas mãos Deus lhe confiou à tarefa de lapidação dos sentimentos.
-Ao percorrer o longo caminho da evolução através das reencarnações, temos a oportunidade de desenvolver o progresso moral e intelectual de seus filhos.
-todos nós possuímos conhecimentos necessários que permitirão orientar nossos filhos para a grande obra da sua própria regeneração.
-Esta nos conhecimentos de Deus, as dificuldades que cada família encontra para educar os seus filhos.
- mesmo quando tudo parece dar errado, Deus se faz presente, aguardando o nosso pedido de auxilio diante da dor.
-Mas se Deus esta presente diante de nossas dores, ele também esta presente em nossos momentos de alegria.
-mas porque não compartilhamos com ele estes momentos de alegrias, suplicando sua presença como nos momentos de dor?
-Meus irmãos a presença de Deus se faz necessária não apenas nos momentos em que nossas vidas se perderam nos vales das queixas e das dores onde recorremos ao pai criador.
-Quando faremos com que Deus participe também de nossas alegrias, convidando-o para o nosso banquete?
-Nossas dificuldades resultam deste nosso abandono das leis divinas, pois quando tudo esta bem é ai que deixamos de orar e vigiar nossas atitudes, nos afastando de Deus, esquecemos que não é Deus que precisa de nós ou de nossas preces, mas nós é que precisamos da sua luz para guiar nossos caminhos.
- A grande missão dos pais inclui também eleger seus filhos como fiéis seguidores do cristo, pois é com ele que nossos filhos irão aprender a entender o mundo em que eles viverão.
-Irmãos amem vossas crianças, elegendo em teus lares Jesus como guia e modelo para tua família.

(D.A.R.!!!)





segunda-feira, julho 11, 2011

MENSAGEM: SEMENTEIRA DE PAZ

                                                   
                    SEMENTEIRA DE PAZ              


 PLANTE EM TEU CORAÇÃO UMA SEMENTE DE AMOR,E VERAS NÃO MUITO LONGE  A PAZ REFLORESCER.
 DENTRO DE CADA UM DE NÓS É QUE DEVEMOS EFETUAR AS GRANDES PLANTAÇÕES.

-CADA SER DA O QUE TEM!
-E VOCÊ O QUE POSSUI PARA DAR AO TEU SEMELHANTE?
 AS NECESSIDADES DA VIDA NÃO ESCOLHEM TEMPO OU UMA OCASIÃO,ELAS SURGEM  QUANDO MENOS ESPERAMOS.
-MAS QUANDO SOMOS CONVIDADOS A DAR ALGO DE NÓS,O QUE REALMENTE PODEREMOS OFERTAR?
 NOSSAS INTENÇÕES SÃO SEMPRE AS MELHORES POSSÍVEIS,MAS COMO ANDA NOSSA CAPACIDADE DE ENTENDER AS INTENÇÕES DE DEUS? SERÁ QUE ELAS REFLETEM A VONTADE DE DEUS?
 NÃO BASTA APENAS BOAS INTENÇÕES PARA TRILHAR OS CAMINHOS DA PAZ,
 É PRECISO MUITO MAIS,É NECESSÁRIO CAPACITAR-SE, BUSCAR A VERDADE QUE LIBERTA O HOMEM DA IGNORÂNCIA,O CONHECER-SE, ENCHER-SE DE CORAGEM E FÉ DEIXANDO DE CARREGAR CONSIGO VELHOS VÍCIOS FÍSICOS E MORAIS,ONDE TORNA-SE DIFÍCIL PLANTAR EM NOSSA MENTE UMA SEMENTE DE PAZ. 
 POR ISSO PLANTE TODOS OS DIAS UMA SEMENTE DE AMOR E PERDÃO EM TEU CORAÇÃO,APRENDENDO TODOS OS DIAS A CONTROLAR SEUS INSTINTOS EM FAVOR DO AMOR.
 NÃO DEIXE QUE SEUS INSTINTOS PRIMITIVOS FAÇAM DE VOCÊ UMA PESSOA INFELIZ,CULTIVE A SERENIDADE DIANTE DAS DIVERSIDADES QUE A CAMINHADA DA VIDA NOS OFERECE,SENDO HONESTO COM TODOS E CONSIGO MESMO. DEUS SABE DE NOSSAS FRAQUEZAS E NECESSIDADES.
 NÃO TE ESQUEÇAS DEUS TUDO VÊ,TUDO SABE, ELE NOS DÁ UMA SEMEADURA LIVRE MAIS A COLHEITA É SEMPRE OBRIGATÓRIA.
 SENDO ASSIM PLANTE MAIS AMOR E COMPREENSÃO,E ENCONTRARAS SEMPRE EM TEU CAMINHO UMA SEMENTEIRA DE PAZ.!!! 

  • D.A.R !!!

sábado, junho 18, 2011

Mensagem "Aprendendo com a Vida"




Aprendendo Com a Vida

  Nosso aprendizado é sempre renovável, pois nossas vidas e o universo em que vivemos estão sempre em constantes transformações.
  Ao acompanharmos nossas realizações diárias encontraremos grandes e pequenas fraquezas que permitirão que outras fraquezas surjam em nossas vidas.
  A vida nos ensina tudo o que necessitamos, basta analisarmos nossos atos perceberemos que muitos problemas encontrados poderiam ser resolvidos com mais facilidades.
 Mas por que isso não acontece?
 Porque nos entregamos a um comodismo mental, e muitas das nossas fraquezas refletem o nosso estacionamento mental em áreas inferiores, que nos permitirão o encontro com mais sofrimentos e tristezas.
  Nós não abrimos espaço em nosso dia a dia para refletir sobre nossas atitudes, reclamando falta de tempo, mas nos sobra tempo para exercitarmos critica assombrosa acerca de nosso semelhante infringindo as leis de Amor justiça e caridade.
 Nossas frágeis tentativas de mudança não encontram espaço em nosso dia a dia, faltamos à vontade de querer mudar e acreditar que podemos sim dar outra cor a paisagem que emoldura nossas vidas.
  Aprender com a vida é permitir que se elaborem em nós grandes transformações morais e intelectuais, onde somos todos chamados a servir ao próximo como a nós mesmos, em nosso próprio beneficio por sermos sempre os herdeiros das nossas próprias conquistas.

D.A.R !!!

domingo, junho 12, 2011

MENSAGEM : TUA VIDA !!!



Tua Vida

A vida é muito mais do que venhamos a conceber,as fantasias que criamos em nossas mentes nos deixam muitas vezes mais próximos da realidade interior de cada um. o mundo que criamos em nossos sonhos é real,reflete sempre o que somos ou o que pretendemos ser.
 Não estacione teus pensamentos as margens do desanimo, creias! A vida deve ser muito mais,digo-vos! 
a vida é para ser vivida em plenitude com o criador, que dissipa as  trevas e nos revela a luz de uma consciência clara e harmônica com os propósitos  da Paz.
 A vida será muito melhor, basta termos a certeza e a vontade de vivermos em pleno amor, depositando nossa confiança em Deus e no amigo Jesus de Nazaré,          poderemos transformar nossas  vidas em caminhos de luz e paz para todos...


D.A.R!!!








  

SER ESPÍRITA


                           Ser Espírita - uma filosofia de vida



Ser espírita não é ser nenhum religioso; é ser cristão.
Não é ostentar uma crença; é vivenciar a fé sincera.
Não é ter uma religião especial; é deter uma grave responsabilidade.
Não é superar o próximo; é superar a si mesmo.
Não é construir templos de pedra; é transformar o coração em templo eterno.
Ser espírita não é apenas aceitar a reencarnação; é compreendê-la como manifestação da Justiça Divina e caminho natural para a perfeição.
Não é só comunicar-se com os Espíritos, porque todos indistintamente se comunicam, mesmo sem o saber; é comunicar-se com os bons Espíritos para se melhorar e ajudar os outros a se melhorarem também.
Ser espírita não é apenas consumir as obras espíritas para obter conhecimento e cultura; é transformar os livros, suas mensagens, em lições vivas para a própria mudança.
Ser sem vivenciar é o mesmo que dizer sem fazer.

Ser espírita não é internar-se no Centro Espírita, fugindo do mundo para não ser tentado; é conviver com todas as situações lá fora, sem alterar-se como espírita, como cristão.
O espírita consciente é espírita no templo, em casa, na rua, no trânsito, na fila, ao telefone, sozinho ou no meio da multidão, na alegria e na dor, na saúde e na doença.

Ser espírita não é ser diferente; é ser exatamente igual a todos, porque todos são iguais perante Deus.
Não é mostrar-se que é bom; é provar a si próprio que se esforça para ser bom, porque ser bom deve ser um estado normal do homem consciente. Anormal é não ser bom.

Ser espírita não é curar ninguém; é contribuir para que alguém trabalhe a sua própria cura.
Não é tornar o doente um dependente dos supostos poderes dos outros; é ensinar-lhe a confiar nos poderes de Deus e nos seus próprios poderes que estão na sua vontade sincera e perseverante.
Ser espírita não é consolar-se em receber; é confortar-se em dar, porque pelas leis naturais da vida, "é mais bem aventurado dar do que receber".

Não é esperar que Deus desça até onde nós estamos; é subir ao encontro de Deus, elevando-se moralmente e esforçando-se para melhorar sempre.
Isto é ser espírita.
Do Livro "Aprendendo a lidar com as crises" – Wanderley Pereira.

domingo, maio 29, 2011

MENSAGEM *CHICO XAVIER* "MARIA DOLORES"

                      AGRADECIMENTO

Agradeço Mãe, tudo o que me ofertas, Desde o sono do berço e as canções de ninar,
Aos problemas da vida, ante as horas incertas, Entre as provas do mundo e as carícias do lar.
Agradeço-te as mãos, a zelarem por tudo, Nos recursos do pão, ao Sol de cada dia,
E no amparo da veste a servir-me de escudo, A fim de que eu vencesse o vento e a noite fria.
Agradeço a oração, com que me deste à infância O respeito à existência e a fé que me avigora...
Terna visão do Céu que relembro à distância, No trabalho constante em que me vejo agora.
Agradeço-te, oh! Mãe, a proteção e a escola Do teu mundo de amor que até hoje me alcança...
Melodia interior que me anima e consola, Refazendo-me o ser no clima da esperança.
Agradeço o silêncio e o carinho incessantes Com que buscas não verem meus enormes deslizes
E o teu claro perdão de todos os instantes, Quando o erro me aponta as horas infelizes.
Mas acima dos dons de tanto reconforto, Trago-te, em luz mais alta, a flor da gratidão,
Porque não me atiraste ao desprezo do aborto E guardaste-me em Deus no próprio coração.

Maria Dolores -Chico Xavier -

segunda-feira, maio 02, 2011

O SOCIEDADE ESPIRITA ' OPERÁRIOS DO BEM '



SOCIEDADE ESPÍRITA OPERÁRIOS DO BEM

68 ANOS EM RIO DO SUL



LIVROS PSICOGRAFADOS NESTA CASA ESPÍRITA
PELA MÉDIUM
MAUREN R.M.WETZSTEIN

PELO  ESPIRITO ANDRÉ





COLEGAS DO PLANTÃO
EUNICE-ELAINE-PAULO E DENILSON


sexta-feira, abril 29, 2011

GRUPO DE ESTUDOS ' E A D "








LUCIANO-EDSON-CAMILA-VOLNI-TALITA-



DENILSON E PABLO, DOIS MÉDIUNS QUASE ANJOS !FALEI QUASE!!



PEDRO E ARLINDO


SUELI E SIMONE






sexta-feira, abril 22, 2011

ESPIRITISMO CRISTÃO " A CAMINHO DA PAZ ": Grupos de estudo "E S D E "

ESPIRITISMO CRISTÃO " A CAMINHO DA PAZ ": Grupos de estudo "E S D E ": " Coordenação: Denilson, Guto, Paulo Roberto, José Carlos Monitores: Edson,Sirlei, Ivete, Luis. Alunos do E S D E 4º ano de Estudo: E..."

quarta-feira, abril 20, 2011

CRIAÇÕES MENTAIS





"Criações Mentais"

-Nossos sonhos viajam pelos mais variados desejos na busca da verdadeira felicidade.                                                 -Nossas criações mentais refletem no curso diário de nossas vidas em forma de sugestões intuitivas.                                          -Cada pessoa cria em sua mente através de seus sonhos ou pensamentos, imagens que irão circulam em forma de energias boas ou más, sempre resultando do comprometimento que vinculamos no momento em que sonhamos.    -Nossa atmosfera mental recebe todos os dias a presença de novos sonhos ou pensamentos que vão desenhando suas cores  ao redor de nossas almas.                                     ---Nem tudo que sentimos é fruto da vontade de outros irmãos desencarnados mas sim da nossa própria criação mental, onde sofremos os males contraídos pela nossa própria carga mental.                                 - -Tudo o que circula em nossa mente é condensado em forma de clichê pois nem tudo é resolvido por nós no momento imediato, onde então guardamos em nossos arquivos mentais e de repente eles surgem quando menos esperávamos.
 -Sempre caberá a cada um de nós a limpeza da   nossa própria casa mental,onde é importante reconhecer que em nossa mente não existem empregados que possam fazer a faxina em nosso lugar. 
 -Após estarmos viciados em processos negativistas nos tornamos os escravos de nossa própria consciência.
-Fuja do comodismo,fuja da ociosidade,Ocupe a sua mente na arte de servir o próximo,Viva cada dia com mais amor,celebrando sempre o nosso bem maior; a nossa própria vida.

(D.A.R)

CAMINHO DA PAZ


A Caminho da Paz

Todas as grandes vitórias sempre foram marcas por caminhos difíceis onde encontramos flores e espinhos, mas quando nós fortalecemos nossos ideais de amor, criamos dentro de nós uma força grandiosa que é capaz de superar qualquer obstáculo.
Então é aí que começamos a ver a vida de outra maneira, os espinhos já não provocam mais dores, mas servem de alerta de que estamos nos afastando do verdadeiro caminho que nos conduz a Deus.
A vida sempre nos alerta, nos indica caminhos, mas a escolha do nosso caminho cabe somente a cada um de nós, apenas nós decidiremos qual deles iremos trilhar. Lembremos sempre tudo é licito mas nem tudo nos convém, que possamos saber escolher o caminho certo, aquele que estiver a caminho da paz.




(DAR)

COLORINDO A VIDA COM AMOR



Colorindo a Vida com Amor

Senhor nós precisamos muito do teu amor para afugentar de nossas mentes as fortes tempestades que se armam sobre nós.
Pai dá-nos a força para vencer as incertezas em favor do teu amor, para que não venhamos a fazer sofrer nossos irmãos que compartilham a jornada evolutiva aqui, como também no mundo dos espíritos.
Senhor faça de mim sempre um instrumento de amor e paz para que o ódio e o rancor jamais encontrem em mim abrigo, e que assim eu possa sempre consolar mais, compreendendo que tudo tem uma razão de ser, e que só o tempo irá mostrar.
Pai agradecemos a ti a vida, ajuda-nos senhor a florir os nossos caminhos para que não só de espinhos eles sejam, mas sim de flores e que elas sejam muito coloridas e tornem a nossas vidas mais alegres e felizes.
                                               Obrigado senhor!
 (DAR) 

domingo, abril 10, 2011

Grupos de estudo "E S D E "



                    Coordenadores e Monitores 
do ESDE Na "Sociedade espirita Operários do bem "                                        Denílson,Paulo Roberto, Guto,Edson,Bubi,Pablo e Sergio                                                  

                                           

 





Alunos do E S D E 4º ano de Estudo: Elaine,Elisete,Iuri, Rose,Orlandina,Magui.
  

E S D E 2º Ano

Grupo de Estudo E S D E 2º Ano











sábado, março 26, 2011

O TERMÔMETRO DO ESPIRITO



O Termômetro do Espírito

Em nosso cotidiano temos muitas experiências que servem de termômetro para testar nossas capacidades de superar os problemas que surgem em nossos caminhos.
Somos todos portadores de diversos vestígios de perturbações psico-mentais, refletindo em nós tanto no campo afetivo, como no labor do dia a dia.

Muitas de nossas distorções mentais provem de grandes distúrbios acionados em existências anteriores, onde os causadores são aqueles que conosco não tiveram a paciência e a tolerância diante de nossas fraquezas transformando estes distúrbios em perturbações ainda maiores.

Por não darmos a devida atenção ao problema quando ele surge, perdemos a oportunidade de enfraquecer as forças destrutivas da razão, onde em nosso lado obscuro assentam-se figuras ligadas a nós por simpatias vibracionais que nos magnetizarão a determinados condicionamentos que nos levarão a um automatismo moral e intelectual, onde passamos a sentir os distúrbios causados por esta desarmonia do passado.

Somos todos espíritos imortais, vibrando cada ser com o seu próprio mundo psico mental  que por sua vez produzira o eco-mental, que nada mais é do que os pensamentos que nós mais repetimos diariamente se tornando memórias ativas em nosso campo psico mental
 .
 Quando revestidos pela matéria como espíritos encarnados nos equivocamos quanto ao sentido da palavra passado, para nós espíritos desencarnados não há um passado, apenas um presente que reflete a permanente evolução do espírito.
(D.A.R)


sexta-feira, março 25, 2011

A GRANDE MUDANÇA



A Grande Mudança

Estamos todos em constantes transformações; nossas vidas são lapidadas de tempos em tempos aos processos corretivos que nos são impostos em cada nova encarnação.
Deus em sua bondade nos concede a experiência reencarnatória com a finalidade de nos unir a ele sob a forma de amor. Jesus em cada palavra, em cada gesto, nos ofertou com muitas informações preciosas que levarão a compreendermos melhor nossas próprias conquistas.
Nada mais justo do que termos oportunidades é através destas que Deus nos da a grande chance da mudança.
Tudo muda e tudo se renova na terra, mas o que vem de Deus permanece eternamente conosco.
É tempo de mudar os  campos estão prontos, a separação do joio do trigo estão acontecendo por isso confiemos em  Deus, ele nos reserva sempre os jardins mais floridos para um amanhã mais feliz.

MENSAGEM ANDRÉ LUIZ "DAR"



Dar

Com Jesus, o Divino Mestre do Bom Exemplo, dar o que temos em favor dos outros é associar várias qualidades de espírito que, em conjunto, compõem a caridade.
 Por isso, na ação de dar, observa os dez mais expressivos estados dalma que nos
irmanam às Forças Superiores:
 Gentileza — dá sem humilhar quem recebe.
 Humildade — dá disfarçando o gesto de dar.
 Compaixão — dá sem salientar a deficiência dos semelhantes, mas sim a exalçar-lhes a melhor parte.
 Discrição — dá sem alarde e sem ostentação de virtude.
 Indulgência — dá sem relacionar a ingratidão ou a incompreensão que lhe venham em troca.
 Alegria — dá com aprazimento e simpatia, irradiando otimismo.
 Fraternidade — dá indiscriminadamente, sem condições ou preferências.
 Condescendência — dá sem a preocupação de que os supostos beneficiários possam ser falsos necessitados.
 Desinteresse — dá sem perguntas de qualquer natureza, sem exigências daquilo ou
disso e sem essas ou aquelas intenções secundárias.
 Disciplina — dá criando o hábito de dar periodicamente.
 Lembra-te de que, para nós, não deve haver desconhecidos, porquanto todos somos
irmãos e, no ambiente espírita, mesclam-se as raças, as classes, as idades e os
temperamentos em demanda da integração na solidariedade real.
 Tudo o que existe na Terra está submetido às leis do Universo: os milhões de sóis que são as estrelas não dissipam as trevas da noite, mas o Sol vigilante e sozinho, por mais próximo de nós, acende e garante o esplendor do dia...
Ajuda, pois, àquele que te partilha a marcha, o teu próximo mais próximo, aqui e agora, hoje e sempre.



(Do livro "SOL NAS ALMAS", pelo Espírito André Luiz, psicografia do médium Waldo Vieira).

sábado, janeiro 29, 2011

Mensagem do espirito "Marius"



Do Amor ao Próximo do Amor a ti Mesmo

Ama o teu próximo como a ti mesmo, mas não confundas o teu amor a ti mesmo com o teu amor ao próximo. Teu amor ao próximo deve ter em mente o bem dele, e tão somente o bem dele.
Se o supões obrigado a seguir os teus padrões e os teus caminhos, se o julgas incapaz de caminhar por si mesmo e achas que só tu sabes todos os porquês, os ondes e os quandos, então, não amas o teu próximo, amas a ti mesmo, ao teu ego, aos teus interesses pessoais na figura dele.
Ama o teu próximo e deixa-o viver; ama o teu próximo e deixa-o ser; ama o teu próximo e cresce com ele; ama o teu próximo e estimula nele as potencialidades divinas com que foi criado; ama o teu próximo e deseja para ele o crescimento e a felicidade que desejas para ti.

Ama o teu próximo mas não faças do teu amor um fardo que ele não possa suportar; teu amor deve ser para ele não o jugo que escraviza, mas a asa que liberta.
Ama o teu próximo mas não te projetes nele; lê nele um livro que não lerás em mais ninguém; cada um de nós é um compêndio único, é um repositório singular de ensinamentos. Lê em ti, lê em teu próximo e, dia a dia, descobrirás as maravilhas da Vida.
Ama a ti mesmo. Ama-te mas não te idolatres. Se não amares a ti mesmo não poderás amar o teu próximo, mas, se idolatrares a ti mesmo, ignorarás o resto da Humanidade. Isto te será pior do que o claustro ou a prisão.
Ama-te para que possas amar os outros. Respeita-te ou não respeitarás a mais ninguém, a mais nada.



(Do livro VIVÊNCIAS, volume 1, pelo Espírito Marius, psicografia do médium Luiz Antônio Millecco).

Mensagem O PEDIDO

                                                       
                                   
Acabava a humilde caravana o serviço da noite. Era dia vinte e quatro de dezembro.
 Havia-se distribuído bênçãos e messes por toda parte.
As famílias celebravam o Natal com a mesa farta.
Nosso Espírito sentiu de longe o chamado de uma alma. Descemos as camadas mais densas e com cuidado verificamos que o pedido partia de uma criança.
Deitada de barriga para baixo procurava enganar a fome, levando a boca um pedaço de pano umedecido em líquido que logo identificamos tratar-se de groselha. Com certeza a criança havia encontrado na rua, e guardara no bolso da calça rasgada para alimentar-se à noite.
O barraco humilde era o reflexo das condições paupérrimas da família que se restringia a mãe e filho.
Em sua prece, ele assim se explanava:
- Senhor! Jesus, nada tenho para repartir. Senão um paninho de groselha.
Mas hoje, pude fazer algo pelo Pedrinho, que precisou de um amigo para segurar a sua mão, quando se acidentou. Enquanto corria das autoridades, porque havia pegado um pedaço de pão a fim de alimentar seus cinco irmãos.
Minha mãe está doente, eu te peço Jesus, que a cure porque posso ficar sem nada, para beber ou comer, eu não quero roupa nova, ou qualquer brinquedo.
Eu quero é a saúde da mãezinha!
Nada peço para mim, que seja esse o presente para meu coraçãozinho sofrido.
Ajoelhei-me ao lado daquela criança, abracei-a lembrando dos meus próprios filhos, que um dia Deus, concedeu a minh'alma, e procurei ser fonte para o Cristo.
A mãezinha que ardia em febre sentiu a alma renovada.
Jesus havia visitado aquele casebre de zinco no morro do esqueleto.
Pela primeira vez em meus quarenta decênios de desencarnado, eu havia dado de mim na noite de Natal, e recebido o mais belo presente.


Bezerra de Menezes
(Mensagem recebida pelo médium Lívio Rocha Barbosa na reunião pública de psicografia do Grupo da Prece - Rio de janeiro, RJ, na tarde de 7 de dezembro de 2010).